Cátedras de Pesquisa Africana OR Tambo: Transformando o Cenário de Investigação Africana

106

OR TAMBO AFRICA RESEARCH CHAIRS INITIATIVE EXPRESSION OF INTEREST 2019 Phase 1 Panel Meeting 25-27 June 2019.

As contribuições da ciência, tecnologia e inovação (STI em inglês) para o desenvolvimento socio-económico são reconhecidas nos principais quadros globais e regionais, tais como os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável e a Estratégia da Ciência, Tecnologia e Inovação da União Africana para África (STISA-2024), como essenciais tanto pelos avanços da ciência, como pela busca de soluções para os grandes desafios apresentados no discurso da sustentabilidade. Neste contexto, o desenvolvimento de capacidades humanas e institucionais é fundamental para alcançar a excelência em investigação e a inovação necessárias em todo o continente. Embora existam muitos cientistas excepcionais, tanto em África como na diáspora africana, com potencial para realizar pesquisa de qualidade, a escassez de recursos e fraca capacidade institucional limitam o seu potencial de florescer como líderes mundiais, tornam-se catalisadores de novas ideias e inovações, e no treinamento da próxima geração de cientistas. As Cátedras de pesquisa são normalmente concedidas em reconhecimento à liderança e ao talento individual e reconhecem o compromisso das universidades em apoiar pesquisas de alta qualidade. As Cátedras promovem o prestígio e a visibilidade dos indivíduos para catalisar a especialização em uma determinada área e treinar a próxima geração de académicos. Espera-se que os titulares das Cátedras cumpram as metas estabelecidas para o desenvolvimento de pessoal, e fundos adicionais são fornecidos para apoiar estudantes de pósdoutoramento e pós-graduação sob a supervisão dos respectivos titulares das Cátedras. Tais centros de pesquisa desempenham um papel crítico no desenvolvimento de um sistema nacional ou regional de investigação. O programa pioneiro de Cátedras de Pesquisa do Canadá começou em 1997 e financiou até hoje cerca de 2000 cátedras de pesquisa. A Iniciativa de Cátedras de Pesquisa Sul-Africanas (SARChI em inglês) foi criada em 2006 com o objectivo de atrair e reter excelência em pesquisa e inovação nas universidades públicas sul-africanas. Esta iniciativa cumpriu metas ambiciosas para apoiar grupos tradicionalmente excluídos e instituições desfavorecidas, bem como para a paridade de género (incluindo através de convite exclusivamente para candidatas do sexo feminino). Outro exemplo é o programa de Cátedras trilaterais que começou em 2017 com financiamento do Centro Internacional de Investigação para o Desenvolvimento do Canadá (IDRC em inglês) e da Fundação Nacional de Investigação da África do Sul (NRF em inglês) para apoiar pesquisadores de classe mundial em Canadá, na África do Sul e um país parceiro Africano.