XV JORNADAS CIENTIFICAS DO ISCISA.

138

O Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional (MCTESTP) considera positivo o desempenho do Instituto de Ciência de Saúde de Maputo (ISCISA), a avaliar pelo rigor cientifico e qualidade técnica dos trabalhos científicos apresentados durante as jornadas cientificas realizadas no presente quinquénio.

Este pronunciamento foi avançado pela Vice-Ministra leda Hugo, que discursava por ocasião da Cerimónia de Abertura das XV Jornadas Científicas do Instituto Superior de Ciências de Saúde (ISCISA), evento que se realiza sob o lema “Doenças Crónicas Não Transmissíveis e Trauma em Moçambique – Prioridade na formação e investigação no ISCISA”.

Como explica a Vice-Ministra, as Jornadas Científicas no ISCISA, selecionam uma área específica de saúde, que se pretende promover, também com vista, a aumentar a consciencialização institucional e pública sobre a sua manifestação e impacto social.

Deste modo, para este ano os temas estarão relacionados com o Cancro, a Hipertensão Arterial, as Diabetes e o Trauma e serão apresentados trabalhos de pesquisa, cujas temáticas gravitarão em torno do diagnóstico precoce dos Cancros mais frequentes no País (como o Colo de Útero, Mama, Próstata, Sarkoma de Kapose), da prevenção de complicações de Hipertensão (como os Acidentes Vasculares Celebrais), o Trauma e as doenças degenerativas e metabólicas como a Diabetes e a Arterioscleroses.

“Saudamos, o facto de nestas Jornadas Científicas, serem apresentados não só os trabalhos científicos de Docentes e Investigadores, mas tambem dos estudantes, particularmente sobre os seus trabalhos de culminação dos cursos”, disse.

Outrossim, exorou a Direcção do ISCISA para as Jornadas potenciem, ainda mais, os processos de ensino e aprendizagem nos diversos cursos ministrados nesta Instituição de Ensino Superior (IES) pública, como sejam, a Enfermagem de Saúde Materna, Saúde Pediátrica, Laboratórios, Anatomia Patológica, Terapia de Fala, Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Cirurgia, Anestesia, Técnicas de Instrumentação, entre outros.

Recordar que as primeiras Jornadas Científicas foram dirigidas para as áreas de Malária, Tuberculose e HIV/SIDA. Nas edições subsequentes, as Jornadas Científicas abordaram temas como Nutrição (por causa da fome e malnutrição crónica) e Saúde Materna (dada a incidência de morte materna).Importa referir que ao longo dos 15 anos de existência, a instituição de ensino na área de saúde, vem realizando com regularidade, Jornadas Científicas centradas preferencialmente numa determinada área de ensino, com objectivo de promover a pesquisa, a publicitação dos resultados e a partilha das boas práticas, em matéria de Investigação Científica na área de Saúde.–